Prezar ou primar?

 

Qual o erro na frase abaixo?

“Esse restaurante preza pela excelência no atendimento”.

.

Resposta: erro de regência verbal.

Frase correta: “Esse restaurante preza a excelência no atendimento”. Ou: “Esse restaurante prima pela excelência no atendimento”

Prezar

“Prezar” é sinônimo de “valorizar”. E, assim como este, é transitivo direto, ou seja, pede complemento verbal sem preposição:

  • Esse restaurante preza a excelência no atendimento.
  • Acima de tudo, prezo a ética no trabalho.
  • A empresa em que trabalho preza o meio ambiente em suas ações.

 

Dica: a regência do verbo “prezar” é a mesma do verbo “valorizar”, um de seus sinônimos. Valorizo sua coragem = Prezo sua coragem.

A regência verbal de “prezar” é frequentemente confundida com a do verbo “primar”.

 

Primar

Em seu uso mais comum, “primar” é sinônimo de “notabilizar-se”. Com esse sentido, é um verbo transitivo indireto, ou seja, exige uma preposição antes do objeto que regerá.

O filme prima pelos seus grandes atores.  (Ou seja, “destaca-se”, “notabiliza-se” pelos seus grandes atores.)

  • Esse restaurante prima pela excelência no atendimento.
  • Ele primava pela elegância.
  • Esta loja prima pelo bom atendimento.

——

Resumindo:  prezamos algo e primamos por algo.

 

Fonte: Dicionário Prático de Regência Verbal – Celso Luft.

—–

Conheça a página inicial do  blog Português sem Mistério.

—–

BANNER_Revisão de Textos_v2

Anúncios

4 comentários sobre “Prezar ou primar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s