Aspectos estilísticos – 2-Repetição de palavras

Repetição-mulheres-cabelo cinza

Recomenda-se, sempre que possível, não repetir palavras num intervalo curto do texto. O uso de termos cognatos* muito próximos sugere pobreza vocabular ou descuido do autor e torna a leitura monótona.

* Cognato = palavra que tem a mesma raiz que outra(s) (ex.: livro e livraria).

Devemos prestar atenção ao utilizar estes termos frequentes na língua portuguesa: “que”, “já”, “para”, “sobre”, “com” e “como”, além dos verbos “ser”, “ter”, “estar” e “ir” (conjugados ou não) e dos artigos definidos e indefinidos (nem sempre obrigatórios).

 

Exemplo de texto inadequado:

A Polícia Federal faz em média 40 operações especiais por ano, especialmente para atingir organizações criminosas. A afirmação foi feita pelo Ministério da Justiça após questionamento sobre as críticas de especialistas em segurança pública sobre a entrada de armamento clandestino no país para o abastecimento de quadrilhas especializadas em roubos a carros-fortes.

 

Repetição do termo “que”

Para tornar o texto mais elegante, evite a repetição excessiva do termo “que”. Em grande parte dos casos, é possível reestruturar o texto.

Exemplos:

a) Três delatores da Odebrecht prestaram depoimentos na semana passada que confirmam que a empresa comprou, em 2010, um imóvel em São Paulo que seria destinado à construção de uma nova sede.

Solução

Em depoimentos na semana passada, três delatores da Odebrecht confirmaram que, em 2010, a empresa comprou um imóvel em São Paulo destinado à construção de uma nova sede.

 

b) Muitos candidatos do ENEM revelaram que desconheciam totalmente a matéria que constava dos programas que foram organizados pela banca que os examinava.

Solução:

Muitos candidatos do ENEM revelaram desconhecer totalmente a matéria constante dos programas organizados pela banca examinadora.

 

Sugestões para retirar repetições de “que” incluem:

a) Substituir “que”, quando pronome relativo, por “o qual”, “a qual”, “os quais”, “as quais” – recurso que ajuda a eliminar possível ambiguidade.

b) Usar o verbo no infinitivo: Ele disse que prefere viajar de ônibus. => Ele disse preferir viajar de ônibus.

c) Trocar formas oracionais por nominais:

  • O atleta que detém o recorde da prova => o atleta recordista da prova
  • O aluno que estuda => o aluno estudioso
  • A sociedade exige que o deputado seja afastado.  => A sociedade exige o afastamento do deputado.

 

 

Repetição de substantivos

a) O time masculino também foi multado por causa do uniforme. A Federação Internacional diz que o uniforme está fora do padrão.

Solução:

O segundo termo “uniforme” é desnecessário:

O time masculino também foi multado por causa do uniforme. A Federação Internacional diz que está fora do padrão.

 

b) Para o jogo da seleção amanhã, o torcedor aposta nos gols dos brasileiros. O treino da seleção em Fortaleza terminou às oito da noite.

Solução:

Retirar o segundo:

Para o jogo da seleção amanhã, o torcedor aposta nos gols dos brasileiros. O treino em Fortaleza terminou às oito da noite.

 

c) O confronto ocorreu na madrugada na aldeia de índios que vivem praticamente isolados. A Funai ainda não sabe os motivos do confronto.

Solução:

Substituir o segundo “confronto” por um sinônimo (conflito, enfrentamento, luta):

O confronto ocorreu na madrugada na aldeia de índios que vivem praticamente isolados. A Funai ainda não sabe os motivos do enfrentamento.

 

Repetição de verbos

O homem aguarda a decisão do  Supremo Tribunal Federal que decidirá se ele pode ou não ser extraditado para a Espanha.

Solução:

O homem aguarda a decisão do Supremo Tribunal Federal que determinará se ele pode ou não ser extraditado para a Espanha.

—-

Como mostrado, nem sempre a eliminação de repetições deve ser feita através da substituição por sinônimos.  

E devemos ter em mente que a busca por sinônimos não pode ser excessiva. Podemos nos referir a Anitta como cantora ou artista, mas é insensato, para escapar de repetição, usar palavras não usuais ou não adequadas ao estilo do texto.

 

Fontes:

  Manual da Redação-Folha  

 

Manual da Redação da Folha de São Paulo, edição de fev. de 2018.

  O Português do Dia a Dia. Como Falar e Escrever Melhor – Prof. Sérgio Nogueira.

——

Leia também:

——

Agora preciso da sua ajuda!

Por favor, deixe um comentário dizendo se esta postagem foi útil para você.  Você pode deixar também suas dúvidas de português, sugestões, críticas. Somente dessa forma posso aprimorar o conteúdo deste blog.

Aproveito para convidá-lo a “seguir” Português sem Mistério. Com isso, você será avisado por e-mail toda vez que eu publicar um texto novo.

Forte abraço!

Betty Vibranovski

——

BANNER_Revisão de Textos_v2

Anúncios
Anúncios

4 comentários sobre “Aspectos estilísticos – 2-Repetição de palavras

  1. Pingback: Aspectos estilísticos – 1-ÊNFASE – Quatro formas de dar ênfase à informação mais relevante da frase | Blog Português sem Mistério

  2. Pingback: Aspectos estilísticos – 3-Ambiguidade | Blog Português sem Mistério

  3. Pingback: Aspectos estilísticos – 4-Pleonasmo | Blog Português sem Mistério

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s