Água de côco ou Água de coco?

Água de coco

Qual é a grafia correta?
Água de côco ou água de coco?

Resposta: água de coco.

Por Sérgio Nogueira

Não há quiosques de beira de praia, bares e restaurantes que não escrevam “côco”, com acento circunflexo no primeiro “o”.

O problema é que a palavra COCO nunca teve acento gráfico. Esse é o perigo, pois “ortografia é memória visual”. Todos nós vemos diariamente e em vários lugares o tal “côco” e isso nos faz acreditar que assim deveria ser escrito. A mesma memória visual que nos ajuda tanto pode, às vezes, devido ao mau uso desenfreado, criar uma “falsa ortografia”: “côco”, “mussarela”, “paralização”, “impecilho”, “previlégio”…

A grafia oficial, registrada no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de letras, é: muçarela, paralisação, empecilho, privilégio e COCO.

E por que COCO não tem acento circunflexo? Simples. Nunca acentuamos graficamente as palavras paroxítonas terminadas em “o”: ovo, olho, novo, bolo, jogo, teto, sapato, palito…

Assim sendo, COCO também se escreve sem acento gráfico.

As palavras terminadas em “o” só recebem acento gráfico quando são oxítonas: avó, avô, jiló, gigolô, paletó…

Quem tem acento circunflexo, portanto, é o COCÔ.

Artigo originalmente publicado no blog do Prof. Sérgio Nogueira.

——————-

Dicas de leitura:

sapiensSapiens. Uma Breve História da Humanidade

 

enclausurado

Enclausurado

 

——

Curta a página do blog Português sem Mistério no Facebook e siga-o no Twitter.

——

BANNER_Revisão de Textos_v2

Anúncios

9 comentários sobre “Água de côco ou Água de coco?

  1. Olá, Betty! Não sei se cabe aqui a pergunta, mas vá lá: como uso o pronome para os verbos “lembrar” e “esquecer”? Por exemplo, “Lembrei-me de levar o menino ao médico”, “Lembrei de levar o menino ao médico” e “Lembrei levar o menino ao médico” são formas corretas? O mesmo ocorre com “esquecer”, ou seja, “Esqueci-me de pegar o guarda-chuva”, “Esqueci de pegar o guarda-chuva”, “Esqueci pegar o guarda-chuva” e, conforme um antigo professor de português que eu tive ensinava como certo, “O guarda-chuva esqueceu-me”.
    Obrigado mais uma vez.
    Cesário

    Curtir

    • Olá, Cesário.

      Verbos Esquecer/lembrar

      a – Quando não forem pronominais: são usados sem preposição.
      Ex.: Esqueci o nome dela.

      b – Quando forem pronominais: são sempre regidos pela preposição de.
      Ex.: Lembrei-me DO nome de todos. // Lembrei-me DE levar o menino ao médico

      A forma “lembrar de algo ou de alguém” é inovação no idioma. É derivada de “lembrar-se de algo ou de alguém”.

      Abs
      Betty

      Curtir

  2. Fiquei com.outra dúvida ao ler a explicação para “coco”: Por que e Vovô e Vovó têm acentos? Não é porque eles estam cansados não, eh ?😉😂 Brincadeira…mas a dúvida surgiu mesmo…

    Curtir

  3. Eu te amo, eu te amo, eu te amo… Oi, Betty! A licença poética é coisa válida mesmo? Como os compositores dessa canção poderiam trocar essa frase, sendo que o discurso se inicia na terceira pessoa. “Tanto tempo longe de você…” Eu te amo, te amo, te amo. Roberto e Erasmo Carlos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s