Regência Verbal

Quarto-baguncado
Qual frase está correta?
  • Não repare a bagunça.
  • Não repare na bagunça.

 


 

 

.

Quanto à predicação, os verbos nocionais (que indicam ação) se dividem em intransitivos e transitivos.

Os verbos intransitivos expressam uma ideia completa:

  • A criança dormiu. // O avião caiu.

Os verbos transitivos exigem sempre um complemento (objeto direto ou indireto) para integrar-lhes o sentido.

  • O menino comprou um livro. // Pedro deu um presente ao amigo. // Ele foi ao cinema.

 

Os verbos transitivos podem ser:

Verbos transitivos diretos: exigem complemento sem preposição. O complemento é objeto direto. Ex.: Ele comprou um livro.

Verbos transitivos indiretos: exigem complemento com preposição. O complemento é objeto indireto. Ex,: Eu gosto de sorvete.

A regência verbal é a ligação do verbo com o seu complemento, que pode fazer-se com ou sem preposição.

 

Regência de alguns verbos

1 – Agradecer
a – se tem por complemento uma “coisa”:
não exige preposição.
Ex.: Agradeceram o convite.

b – se tem por complemento uma “pessoa”: é regido pela preposição a.
Ex.: Agradeceu ao amigo a grande ajuda.

 

2 – Aspirar
a – no sentido de cheirar, sorver:
usa-se sem preposição.
Ex.: Aspirou o ar puro da manhã.

b – no sentido de almejar, pretender: exige a preposição a.
Ex.: Esta era a vida a que aspirava.

 

3 – Assistir
a – no sentido de prestar assistência, ajudar, socorrer:
é indiferentemente transitivo direto ou indireto (nesse caso, usa-se a preposição a).
Ex.: O médico estava assistindo o paciente há anos. O médico estava assistindo ao paciente há anos.

b – no sentido de ver, presenciar: exige a preposição a.
Ex.: Não assistimos ao show.

c – no sentido de caber, pertencer: exige a preposição a.
Ex.: Assiste ao homem tal direito.

d – no sentido de morar, residir: é intransitivo e exige a preposição em.
Ex.: Assistiu em Maceió por muito tempo.

 

4 – Custar
a – no sentido de ser custoso, ser difícil: é regido pela preposição a.
Ex.: Custou ao aluno entender o problema. Custou-lhe aprender a matéria.

b – no sentido de causar, provocar, acarretar, exigir: é verbo transitivo direto e indireto, exigindo um complemento sem preposição e um com preposição a.
Ex.: A soberba custou-lhe a derrota. (Ou seja, custou a derrota a ele.)

c – no sentido de ter valor de, ter o preço:
usa-se sem preposição.
Ex.: O imóveis custou dois milhões de reais.

 

5 – Chegar/ ir – exigem a preposição a.
Exemplos:
Vou ao dentista.
Cheguei a Belo Horizonte.

 

6 – Esquecer/lembrar
a – Quando não forem pronominais:
são usados sem preposição.
Ex.: Esqueci o nome dela.

b – Quando forem pronominais: são regidos pela preposição de.
Ex.: Lembrei-me do nome de todos.

 

7 – Implicar
a – no sentido de causar, acarretar:
usa-se sem preposição.
Ex.: Esta decisão implicará sérias consequências.

b – no sentido de envolver, comprometer: usa-se com dois complementos, um direto e um indireto com a preposição em.
Ex.: Implicou o negociante no crime.

c – no sentido de zombar, provocar rixa, amolar, hostilizar: é regido pela preposição com.
Ex.: Implica com ela todo o tempo.

 

8 – Informar verbo transitivo direto e indireto. Admite duas construções:

a – Informa-se alguém de alguma coisa. Obs.: normalmente se pode usar sobre, acerca de, a respeito de no lugar da preposição de.
Ex.: Eu o informei do ocorrido.

b – Informa-se algo a alguém
Ex.: Eu informei o ocorrido a ele.

 

9 – Morar/ residirexigem a preposição em.
Exemplos:
Ele mora em São Paulo. Maria reside em Santa Catarina.

 

10 – Namorarnão se usa com preposição.
Ex.: Joana namora Antônio.

 

11 – Obedecer/desobedecerexigem a preposição a.
Exemplos:
As crianças obedecem aos pais.
O aluno desobedeceu ao professor.

 

12 – Pagar/ perdoar
a – se tem por complemento uma “coisa”:
não exige preposição.
Exemplos: Ela pagou a conta do restaurante. Ele perdoou nosso erro.

b – se tem por complemento uma “pessoa”: é regido pela preposição a.
Ex.: Ela pagou ao vendedor. Perdoou a todos.

 

13 – Preferir verbo exige dois complementos, sendo que um é usado sem preposição, e o outro com a preposição a.
Ex.: Prefiro dançar a fazer ginástica. Prefiro Português a Matemática.

 

14 – Proceder
a – no sentido de ter fundamento, comportar-se:
usa-se sem preposição.
Ex.: Suas queixas não procedem. A psicóloga procedia com cautela durante a terapia.

b – no sentido de originar-se, vir de algum lugar: exige a preposição de.
Ex.: Muitos males da humanidade procedem da falta de respeito ao próximo.

c – no sentido de dar início, executar: usa-se a preposição a.
Ex.: O delegado deseja proceder ao interrogatório.

 

15 – Querer
a – no sentido de desejar:
usa-se sem preposição.
Ex.: Quero viajar hoje.

b – no sentido de estimar, ter afeto: usa-se com a preposição a.
Ex.: Quero muito aos meus amigos.


16 – Reparar
a – no sentido de consertar: sem preposição.
Ex.: Vou chamar o técnico para reparar a televisão.

b – no sentido de prestar atenção, observar: exige a preposição em.
Ex.: Não repare na bagunça.

 

17 – Responder
a – no sentido de falar, declarar: sem preposição.
Ex.: Ela nunca responde se está namorando.

b – no sentido de dar resposta a uma pergunta: exige a preposição a.
Ex.: Responde às perguntas sequencialmente.

c – no sentido de dar uma resposta a alguém:
exige complemento sem preposição e um com a preposição a.
Ex.: Só respondo alguma coisa à autoridade.

 

18 – Simpatizar/ antipatizarexigem a preposição com.
Exemplos:
Simpatizo com Lúcio. Antipatizo com meu professor de História.

 

19 – Visar
a – no sentido de mirar:
usa-se sem preposição.
Ex.: Disparou o tiro visando o alvo.

b – no sentido de dar visto: usa-se sem preposição.
Ex.: Visaram os documentos.

c – no sentido de ter em vista, objetivar: é regido pela preposição a.
Ex.: Viso a uma situação melhor. O projeto visa a uma mudança drástica.

Fontes:

 

Curta a página do blog Português sem Mistério no Facebook e siga-o no Twitter.

Revisão de Textos - Betty Vibranovski

 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s