Por que o diminutivo de CASA é caSinha e o de PÉ é peZinho?

O sufixo “zinho” , que indica a flexão de grau diminutivo, escreve-se com Z. Exemplos:

  • Pé => pezinho
  • Mãe => mãezinha
  • Pai => paizinho
  • Bar => barzinho
  • Cor => corzinha
  • Pão => pãozinho

E por aí vai.

 

Já o caso de “casa” é diferente. Não se acrescenta o sufixo “zinho” (“zinha”, no caso), e sim “inho” (“inha”). Afinal, trata-se de “casinha” e não de “casazinha”. Então, acrescentando o “inho/inha”, vale o S de “casa” (casa + inha = casinha).

O mesmo se pode dizer de “japonesinho” (japonês + inho), “lapisinho” (lápis + inho) etc.

E nariz?

Segue o mesmo esquema: nariz + inho = narizinho. Então, se o que se acrescenta é realmente o sufixo “zinho”, usa-se a letra Z. Se o que se acrescenta é “inho/inha”, vale a grafia da palavra primitiva.

Fonte: Ao pé da letra, do Profº Pasquale Cipro Neto.

—–

Visite a página inicial deste blog.

Curta Português sem Mistério no Facebook.

—–

NovoKindlePaperWhite

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s