CRASE antes de nomes próprios geográficos

 

Lembrando: crase é a fusão da preposição “a” com o artigo definido “a” .

Como saber se diante dos nomes de cidades, estados e países se usa a ou à?

=> Se o nome é feminino e pode ser precedido pelo artigo a, existe a possibilidade do uso do a craseado.

 

Cidades

Não se usa o acento indicativo de crase diante dos nomes de cidades, porque eles repelem o artigo definido. Vejam:

Venho de Florianópolis. // Ele mora em Curitiba. // Estivemos em Vitória. // Salvador é uma festa.

Sem crase, então, antes dos nomes das cidades:

  • Vamos a Salvador.
  • Bem-vindos a Blumenau.

 

Estados

 Só dois estados brasileiros admitem a crase: a Bahia e a Paraíba.

Os demais ou são nomes masculinos ou não são determinados pelo artigo (Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Roraima, Sergipe)

  • Bem-vindos à Bahia.
  • Vamos à Paraíba e a Santa Catarina.
  • Esse patrimônio pertence a Goiás.
  • Refiro-me ao Pará e ao Amapá.

 

Países

A presença do a craseado diante de um nome de país depende de esse país ser determinado ou não pelo artigo definido.

Entre os países que levam artigo, alguns são masculinos (o Canadá, os Estados Unidos, o Japão, o Chile…), outros são femininos (a Rússia, a Venezuela, a Argentina, a Índia…).

  • Bem-vindos à Argentina.
  • Refiro-me à França, à Polônia e à Espanha.

Fonte:

 Manual da Boa Escrita. Virgula, Crase, Palavras Compostas – Maria Tereza de Queiroz Piacentini.


Agora preciso da sua ajuda!

Por favor, deixe um comentário dizendo se esta postagem foi útil para você.  Você pode deixar também suas dúvidas de português, sugestões, críticas. Somente dessa forma posso aprimorar o conteúdo deste blog.

Aproveito para convidá-lo a “seguir” Português sem Mistério. Com isso, você será avisado por e-mail toda vez que eu publicar um texto novo.

Forte abraço!

Betty Vibranovski

——

BANNER_Revisão de Textos_v2

Anúncios

5 comentários sobre “CRASE antes de nomes próprios geográficos

  1. Pingback: CRASE antes de nomes próprios geográficos — Blog Português sem Mistério – CONHECIMENTOS Online

  2. Crase antecede locuções advebiais de modo, lugar, tempo ou até mesmo , de instrumento. Amiúde a crase introduz também o objeto indireto (pessoa mediatizada pela ação verbal), qualificando-o com certa familiaridade na sua relação com o sujeito da oração.

    Curtir

  3. Muitos erros nesse tema. Assim, mais do que oportuno seu post.Sem esquecer os casos em que a palavra cidade vem subentendida: “Vou à São Petersburgo de Pedro, o Grande.
    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s