Aspectos estilísticos – 3-Ambiguidade

 Ambiguidade-duplo sentido

 

Devemos sempre evitar a duplicidade de sentido de uma palavra, expressão ou frase. A dupla interpretação deixa o texto obscuro, quando não incompreensível.

 

Algumas causas frequentes de ambiguidade:

1) Uso do pronome possessivo sem explicações pode confundir o que é de quem.

Tony ensinou Malu a usar o seu computador para escrever roteiros de viagem.

Computador de quem? Do Tony, da Malu ou “de você”?

Melhor deixar claro: “Tony ensinou Malu a usar o computador dela para escrever roteiros de viagem”.

 

Em muitos casos, basta cortar o termo “seu” ou “sua”:

Ivo encontrou o seu irmão no aeroporto. => Ivo encontrou o irmão no aeroporto.

 

 

2) Posição inadequada do adjunto adverbial

O candidato Edgar de Souza (PSDB) recebeu ataques devido à sua orientação sexual durante a campanha.

A ordem dos termos dá a entender que o candidato adotou uma orientação sexual durante a campanha.

Durante a campanha, o candidato Edgar de Souza (PSDB) recebeu ataques devido à sua orientação sexual.

 

 

3) Colocação do pronome relativo “que” em posição distante do nome ao qual se refere.

O escritor não deu detalhes sobre o livro sobre a guerra que acaba de terminar.

O que acabou de terminar: o livro ou a guerra?

O escritor não deu detalhes sobre o livro que acaba de terminar, cujo tema é a guerra.

—–

Fonte:

  Manual da Redação-Folha  

 

Manual da Redação da Folha de São Paulo, edição de fev. de 2018.

—–

Leia também:

 ——

Agora preciso da sua ajuda!

Por favor, deixe um comentário dizendo se esta postagem foi útil para você.  Você pode deixar também suas dúvidas de português, sugestões, críticas. Somente dessa forma posso aprimorar o conteúdo deste blog.

Aproveito para convidá-lo a “seguir” Português sem Mistério. Com isso, você será avisado por e-mail toda vez que eu publicar um texto novo.

Forte abraço!

Betty Vibranovski

——

BANNER_Revisão de Textos_v2

Anúncios
Anúncios

4 comentários sobre “Aspectos estilísticos – 3-Ambiguidade

  1. Pingback: Aspectos estilísticos – 4-Pleonasmo | Blog Português sem Mistério

  2. Pingback: Aspectos estilísticos – 2-Repetição de palavras | Blog Português sem Mistério

  3. Pingback: Aspectos estilísticos – 1-ÊNFASE – Quatro formas de dar ênfase à informação mais relevante da frase | Blog Português sem Mistério

  4. Pingback: A ambiguidade dos pronomes SEU e SUA | Blog Português sem Mistério

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s