Origem de 11 expressões curiosas da língua portuguesa

Guardar a sete chaves. Tirar o cavalinho da chuva. Pensando na morte da bezerra. Rasgar seda. Para inglês ver. Jurar de pés juntos. Conheça a origem dessas e de outras expressões curiosas da língua portuguesa.

Meia, Meia, Meia, Meia ou Meia?

Na recepção de um salão de convenções, em Fortaleza…

– Por favor, gostaria de fazer minha inscrição para o Congresso.
– Pelo seu sotaque vejo que o senhor não é brasileiro. O senhor é de onde?
– Sou de Maputo, Moçambique.
– Pronto, tem uma palestra agora na sala meia oito.
– Desculpe, qual sala?
– Meia oito.
– Podes escrever?
– Não sabe o que é meia oito? Sessenta e oito. Assim, veja: 68.
– Ah, entendi, meia é seis.

Português é o único idioma em que se pode escrever um texto só com palavras começando por “p”

  Pedro  Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos…