Esta é a história de um sujeito que só falava palavras começadas pela letra “F”

Esta é a história de um sujeito que só falava palavras começadas pela letra “F”.
O sujeito chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:
– Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!
– Pois não. Com quê, cavalheiro?
– Farofa, feijão, fritas.
– Deseja beber alguma coisa?
– Fanta.
– Um pãozinho para esperar a refeição?

Português é o único idioma em que se pode escrever um texto só com palavras começando por “p”

  Pedro  Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos…