Curso on-line Português sem Mistério, uma parceria com a Nasajon Educacional

Olha a novidade!

Acaba de ser lançado o curso on-line Português sem Mistério, uma parceria entre a revisora Betty Vibranovski e a Nasajon Educacional.

Dez videoaulas estão no ar! As duas primeiras podem ser assistidas gratuitamente.

Confira nesta postagem.

Anúncios

Os 7 posts mais lidos em julho/2015

1) Origem de algumas expressões curiosas na língua portuguesa Tirar o cavalinho da chuva. Guardar a sete chaves. Pensando na morte da bezerra. Conheça a origem de algumas expressões curiosas na língua portuguesa. . 2) Ela se maquia ou se maqueia? “Ela se maquia” ou “Ela se maqueia”?  //  “Ele remedia” ou “Ele remedeia”?  //…

Quando usar itálico

1) Nomes de navios, livros, revistas, jornais, filmes, músicas, contos, poemas, peças teatrais, programas de rádio e televisão, obras de arte, pinturas, esculturas, CDs.  Exemplos: Na canção Hotel Fraternité, do álbum Qualquer, Arnaldo Antunes fala de um homem fora de si. O livro Sapiens – uma breve história da humanidade é sensacional. Já assistiu ao filme Missão…

Quando usar ASPAS

Regras para o uso das aspas:   1) As aspas devem ser empregadas sempre que você for abrir e fechar citações. Observe o exemplo: “O senhor… mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando.…

17 expressões curiosas usadas pelos portugueses

Um português não tem um problema, na realidade ele está “feito ao bife”. Um português não lhe diz para deixá-lo em paz, diz-lhe “vai chatear o Camões”. Um português não lhe diz que é sexy, diz-lhe “é boa como o milho”. Um português não repete o que diz, ele “vira o disco e toca o…

Orações coordenadas

Estudando orações coordenadas sindéticas em quadrinhos. Por Jacson Andrade Imagem originalmente publicada na página Gramática em Quadrinhos, do Prof. Jacson Andrade. Conjunções utilizadas nas orações coordenadas sindéticas 1) Nas orações coordenadas aditivas: E, nem, não só, mas também, além de, bem como.   2) Nas orações coordenadas adversativas: Mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto.…

Tratam-se ou trata-se de documentos importantes?

O certo é “Trata-se de documentos importantes“. O verbo TRATAR, no sentido de “ter por assunto”/”dizer respeito a”, é transitivo indireto e rege complemento introduzido pela preposição DE. Exemplos:  “A palestra tratou da reorganização da empresa”; “O livro trata de política”. A construção TRATA-SE DE Verbos transitivos indiretos não admitem voz passiva. Assim, esse verbo,…

Aluga-se ou Alugam-se apartamentos?

1. ALUGA-SE ou ALUGAM-SE apartamentos? O certo é “ALUGAM-SE apartamentos“. A presença da partícula apassivadora “SE” faz a frase ser passiva, ou seja, o sujeito é quem sofre a ação do verbo(= apartamentos), e não quem pratica a ação de alugar. É o mesmo que eu dissesse que “apartamentos são alugados”. Em “VENDE-SE este carro”,…