O pronome CUJO

Cujo é um pronome relativo. Como tal, é usado para unir orações. Este pronome tem uma característica especial: expressa relação de posse, em que o antecedente do pronome é o “possuidor” e o subsequente, “a coisa possuída”. Exemplo: Oração a: O homem é advogado. Oração b: O carro do homem foi roubado. Usando o cujo…

Levei as flores de que ela gosta

Preposição antes de pronome relativo

Qual frase está correta? Levei as flores que ela gosta. Levei as flores de que ela gosta. Resposta: Levei as flores de que ela gosta.   Quando há pronome relativo, observa-se o verbo à direita e verifica-se se este exige preposição. Se sim, coloca-se a preposição antes do pronome relativo. No exemplo, o verbo gostar…